Came to Find – Vim Encontrar

ENGLISH: So tell me, what did you come to find here? Read more and see what my opinions & thoughts on everything are all about. Followed my blog? I'll follow yours. PORTUGUÊS: Então me diga, o que você veio encontrar aqui? Leia mais e veja quais são as minhas opiniões & pensamentos sobre todas as coisas. Seguiu o meu blog? Vou seguir o seu.

PORT.: Quando os Seus Melhores Interesses Passam a Não Ser os Melhores?

* Google Images

Deparei-me com a questão porque vivi uma coisa parecida. Acho que todos nós vivemos. Em qualquer relacionamento, seja ele com pessoas ou objetos – já que ambos podem se tornar vítimas desse acaso – existe uma linha tênue, ou até mesmo um limite, que define a qualidade de tais relacionamentos. Muitas vezes, até sem querer, ultrapassamos esses limites e chegamos ao lado negativo destes, e não adianta questionar! Consequências ruins virão a partir de agora. Vícios, mágoas, finais. Saber manter um saudável e proveitoso convívio é crucial para você, parte atuante nesta relação, com o intuito de evitar os três efeitos mencionados. Então eu gostaria de saber, e vos pergunto: quando sabemos que o limite foi atingido? Qual é o seu limite? Engraçado que essa linha tênue varia de pessoa para pessoa, mas encontrei alguns pontos em comum que são sinais de tê-la alcançado. 1) Exaustão – física, mental ou até mesmo financeira. Uma vez que o teu esforço para agradar/conviver com alguém/algo te deixa realmente cansado, respire fundo e dê um passo para trás. Coisas boas exigem trabalho, mas nem tanto. 2) Preocupação Demasiada – então pensar constantemente sobre algo atrapalha a rotina? Faz o dia ser menos útil, de alguma maneira? Chegado é o momento então de aprender a dosar pensamentos e atitudes em relação a isso, ir dormir com o sentimento de satisfação é melhor do que sentir que algo ficou faltando. 3) Mudança de Prioridade – ponto sensível de se discutir… Quantas vezes não se mudam certas coisas e planos em função de determinadas pessoas e bens? Eu já perdi a conta de quantas vezes fiz isso, e não nego! Sei que continuarei a fazer, mas se torna substancial a compreensão de algo que, certamente fará a diferença: analise se é mais benéfico para a sua vida. Cidades e oportunidades podem mudar, contanto que você ainda seja seu maior investimento, sua principal prioridade. Ter ciência de que os resultados advindos serão positivos e lucrativos não é alterar prioridade, mas sim um desvio de percurso que leva ao mesmo lugar: você. Achar que é dono da razão é uma característica inerente ao ser humano, embora uns sejam mais flexíveis que outros, fazendo com que ouvir conselhos ou críticas (construtivas! Caso contrário, são desnecessárias) seja algo doloroso, mas praticar isso dia-a-dia, é garantia de humildade e, nas boas palavras de Confúcio, “a humildade é a única base sólida de todas as virtudes”, e dentre essas virtudes (qualidades particulares), adiciona-se com certeza, a felicidade.

18 comments on “PORT.: Quando os Seus Melhores Interesses Passam a Não Ser os Melhores?

  1. Danth Fronchetti
    June 14, 2013

    Eu percebo que cheguei ao meu limite quando não consigo pensar em mais nada e me sento e começo a chorar, pois é quando chego ao estado de total cansaço mental.

  2. Aline
    June 14, 2013

    Exaustão e preocupação demasiada ,já foram meus dois limites pra tomar uma decisão.

  3. Beth
    June 14, 2013

    muito bom texto mas eu diria que além da humildade, vc tem que acreditar e ser feliz ou para ser feliz

  4. Leonardo Gualter
    June 14, 2013

    Chego ao meu limite quando percebo que não tenho forças para lutar.

  5. Waléria Machado
    June 14, 2013

    Percebo que cheguei no meu limite quando, depois de MUITO chorar, depois de muito pensar e depois de muitas noites de insônia, paro e me pergunto: Pois é, e agora? Quando o chorar não resolve, quando a insistência não resolve… E o pior: Leva tempo até você admitir para você mesmo que é chegado o limite… Até isso acontecer, vish…

  6. isabella castro
    June 14, 2013

    Eu acho que nós demoramos para descobrir qual nosso limite, e muitas vezes nem percebemos que ele chegou porque estamos cegos demais tentando levar adiante um “peso morto”.

    Talvez seja porque hoje em dia, o comodismo é mais comum do imaginamos..

  7. Mylenna Vieira
    June 14, 2013

    Dependendo do quanto estamos cegos por conseguir o que queremos, é bem difícil perceber que o nosso limite já passou lá atrás, faz muito tempo. De vez em quando, só dá para “acordar” quando alguém te puxa de volta para a realidade. O cansaço mental é as vezes ignorado, e acaba virando um combustível a mais a favor da causa (que muitas vezes já está perdida).

  8. Giordano
    June 14, 2013

    Particularmente acredito que limite está em total relação com o cansaço. Falando por mim, quando a dedicação em algo/alguém não se torna recíproca ou benéfica, aquele pensamento de “desista” é o que mais atormenta. As pessoas demoram a acreditar que as vezes, tudo foi em vão, e quando finalmente enxergam isso, as melhores escolhas surgem. Ou piores.

  9. Isadora Lins
    June 14, 2013

    Eu percebo que cheguei no meu limite quando já não consigo mais pensar em outras coisas/problemas, perante aquilo que está me consumindo o tempo, as forças, e até mesmo me impedindo de exercer outras atividades!

  10. Fabiana Braga
    June 14, 2013

    Já chegamos a lua?
    Por natureza já somos limitados. O universo nos oferece o essencial a nossa sobrevivência biológica. Fantástico… Entretanto muito pouco nos da de concreto e lógico, a nosso única certeza é de viver e morrer. Daí começa o desafio, na infância a nossa vontade é conhecer, conhecer tudo ao nosso redor logo, começamos a nos limitar uma vez que a existência é um grande mistério. Por essa ótica o limite já nos foi dado. Mas não paramos por aki, na juventude os sonhos, as paixões, os desejos nos leva de novo a testa os nossos limites é quando ele ganha sentido real na vida de cada um. Por isso vejo q o meu limite é saber q sou
    limitada, logo não tenho limites.

  11. Tatyellem Evelin
    June 14, 2013

    Acho qe diria que meu limite e quando eu começo a perceber que algo me cega o suficiente para me impedir de viver e me fecha num mundinho sem mto oq fazer , quando isso acontece paro penso e tento procurar o melhor pra mim, mais esta ai algo nem sempre sabemos ao certo nossos limites😦
    Gostei de ter lido ele nos leva a pensar🙂

  12. Radassa
    June 14, 2013

    pra mim o limite chega quando a tristeza bate em sua porta e te trás à memória todas as suas dores, seus erros e o seu coração se derramar em lágrimas.
    Quando os seus amigos te deixarem e os seus sonhos não passarem de utopia.
    Quando a solidão for a sua única amiga e fiel escudeira.
    Quando você não mais sentir o cheiro da flor ou o gosto da melancia de tão grande for a sua dor.
    Quando o desespero insistir em dizer que você já perdeu e que é melhor parar…

  13. kerllem
    June 14, 2013

    quando nos entramos em uma certa dificuldade q não sabemos q decisões tomar .. tomamos atitudes erradas .. e arcamos com o erro

  14. Bárbara
    June 14, 2013

    Meus melhores interesses passam a não ser os melhores quando eu os alcanço (quando há esforço físico e mental é sempre gratificante) ou quando vejo que estou me consumindo exacerbadamente, de forma que prejudique minha vida pessoal e social. É sempre bom ter um senso crítico a respeito do limite entre o aceitável e o tolerável.

  15. Tepho
    June 15, 2013

    Quando vc nao tem amigos ou alguem pra contar. Ninguem vive solitario

  16. vanessa
    June 15, 2013

    Percebo que cheguei ao meu limite quando deixo de lado e ignoro completamente o assunto.

  17. Gilsienny Gam
    June 18, 2013

    Muito interessante suas observações…e você tem razão, gostei mais deste texto, demonstra um discernimento digno de atenção. Na minha opinião, este deveria ser o seu rumo…sua direção…já na torcida por mais textos escritos com essa qualidade, bjos!!!Ameii…

  18. fgassette
    June 26, 2013

    Welcome! Thank you for subscribing to follow my blog. I hope you are encouraged, inspired and enjoy the photos I take of life’s events as seen through the lens of my camera.
    BE ENCOURAGED! BE BLESSED!

Leave a Comment - Comente Aqui Sobre o Post

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Navigation

Visitors – Visitantes

Flag Counter

Enter your email to follow this blog and receive notifications of new posts by email - Coloque seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts por e-mail

Join 770 other followers

Calendar – Calendário

June 2013
M T W T F S S
    Jul »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
%d bloggers like this: